Cachorro em apartamento: quais os cuidados necessários?

Tempo de leitura: 3 minutos

Não há como discordar dos benefícios de ter um animal de estimação. No Brasil, os cachorros são os favoritos, e até quem mora em apartamento quer ter um. Mas com as regras de convivência, é preciso ficar atento à alguns detalhes. Por isso, vamos falar dos cuidados para quem quer ter cachorro em apartamento.

Quem mora em condomínio precisa conviver com diversas personalidades diferentes – muitas vezes, até conflitantes.

E nessa variedade, existem aqueles que não gostam muito de animais. Na verdade, até mesmo os que gostam podem se irritar com cachorro em apartamento.

A legislação brasileira não aborda precisamente a questão de animais de estimação em apartamento. Por isso, as regras podem variar entre os condomínios.

E como nós da Condlink também adoramos cachorros, separamos algumas dicas e cuidados para que você, condômino, possa ter com seu animal de estimação e, assim, não gerar problemas com seus vizinhos!

Atenção com o barulho de cachorro em apartamento

cachorro em apartamento barulho

Essa é uma das principais reclamações com relação a animais de estimação em condomínio. Alguns cachorros latem muito mais alto do que outros, principalmente quando estão sozinhos.

Por isso, é importante adestrá-los para que eles se comportem quando você estiver fora de casa. Se forem filhotes, você terá menos problemas se eles já aprenderem a se comportar desde pequenos.

O barulho durante a noite é pior ainda. Por isso, mesmo que você tenha se acostumado, tenha sempre em mente que outras pessoas se incomodam com mais facilidade. Então, fique atento aos latidos.

Outro fator que pode incomodar são as unhas dos cachorros. Se elas estiverem muito compridas, vão fazer barulho no apartamento de baixo. Mas cuidado! Leve sempre a um especialista para cortá-las e não machucar o animal.

Cuide da higiene do cachorro

cachorro em apartamento higiene

É importante manter o bichinho sempre limpo, principalmente por questão de saúde. Mas quando falamos em apartamento, o cheiro pode incomodar.

Se o animal não estiver limpo, pode deixar odores nos elevadores, corredores e outras áreas sociais.

E nem precisa falar sobre recolher a sujeira, não é mesmo? Seja na rua ou principalmente nas áreas comuns do condomínio, sempre limpe o que seu cachorro fizer.

Também é importante manter o animal vacinado, principalmente se houver outros no condomínio.

Atenção às crianças

cachorro em apartamento crianças

Seu cachorro pode ser dócil, mas evite deixá-lo longe de você e perto de outros moradores, principalmente se houver crianças. Nem sempre elas têm o cuidado certo para tratar os bichinhos, e se ele se irritar, pode ocasionar acidentes.

Por isso, fique próximo e mantenha a coleira no cachorro.

Leia o regulamento interno

cachorro em apartamento sujeira

O regulamento sempre aborda a questão de cachorro em apartamento. Por isso, fique atento às regras de convivência.

Geralmente, elas exigem que o animal entre no colo ou em caixa de transporte no elevador, por exemplo. Se isso não for possível, evite usar o elevador com outros moradores.

O bom senso e o diálogo prevalecem

Converse com o síndico e outros moradores que podem se incomodar com a presença de cachorro em apartamento. Saiba quais são as preocupações deles e, se houver divergências, tente encontrar um meio termo.

Também é importante prestar atenção no próprio bem estar do animal. Às vezes, ele não se adapta ao espaço, principalmente se for de grande porte.

Se apesar das tentativas o cachorro continuar dando muito trabalho, pode ser hora de repensar o apartamento como moradia ideal para ele.

Seguindo essas dicas, você não terá problemas com cachorro em apartamento, e a convivência no condomínio fica muito melhor!

Quer receber dicas sobre condomínio direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa newsletter!

Sobre Ivan Bermudes

Ivan Bermudes é o Diretor Comercial da Condlink! Acelerado por natureza, focado a ajudar todos os parceiros Condlink a crescerem em conjunto. Levou a Condlink para mais de 13 Estados e não irá parar até levar o Condlink para seu condomínio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *