Guia completo para a função do porteiro de condomínio

Tempo de leitura: 6 minutos

A portaria é, literalmente, o primeiro contato de qualquer pessoa com um condomínio. Por isso, é importante que todos os profissionais que trabalham com ela saibam muito bem qual é a função do porteiro de condomínio.

Entretanto, há muito mais na função do porteiro do que simplesmente abrir e fechar o portão. É sobre isso que vamos falar nesse post!

Além disso, vamos mostrar para administradores e síndicos como treinar os porteiros e o que se espera desses profissionais.

Quais são as funções do porteiro de condomínio?

Há quem acredite que o porteiro apenas dê bom dia e boa noite. Mas também existem aqueles que sobrecarregam os porteiros com funções que não são dele!

O que exatamente faz um porteiro? Como o nome indica, ele é o profissional responsável, primeiramente, por controlar a entrada e saída de visitantes.

Ele deve identificar os visitantes e entrar em contato com os moradores – seja por interfone ou pelo aplicativo (onde também é possível pré-autorizar visitantes).

A mesma coisa ocorre com prestadores de serviço, mas com algumas diferenças. O ideal é que a portaria seja comunicada com antecedência, colete os dados na entrada e registre a saída.

O porteiro também é responsável por controlar o recebimento de encomendas e distribuir correspondências. Ou seja, ele é o primeiro contato dos entregadores com o condomínio. Entretanto, esses profissionais não têm acesso ao condomínio – são os moradores que devem recebê-los em casos especiais.

Por fim, um porteiro de condomínio deve zelar pela ordem e estar sempre atualizado com instruções de segurança e sistemas eletrônicos. Afinal, a tendência é sempre aumentar a tecnologia nos condomínios.

E quais NÃO são as funções do porteiro?

É claro que o porteiro de condomínio deve manter a higiene do local, assim como todos devem manter limpo o local de trabalho. Mas ele não é responsável pela faxina do hall ou da portaria, por exemplo.

Também não é função do porteiro realizar a manutenção dos equipamentos do condomínio, mesmo os de monitoramento.

Por mais que ele tenha bastante contato com os moradores, até mais do que o síndico, as reclamações não devem ser repassadas ao porteiro. Cabem aos moradores conversarem diretamente com o síndico ou zelador.

Aliás, é muito importante entender as diferenças entre a função do porteiro e do zelador.

Problemas comuns na portaria

O síndico é o responsável por coordenar os profissionais do condomínio, entre eles os porteiros. Por isso, é importante ficar atento aos problemas mais comuns que o porteiro NÃO deve fazer.

São cinco coisas principais que o porteiro não deve fazer, que afetam diretamente na segurança, na rotina e nos processos do condomínio.

Entre elas, estão permitir a entrada de visitantes sem identificação, deixar a portaria vazia e conversar sobre a rotina particular de moradores com outras pessoas.

Por isso, é extremamente importante que o síndico ou administrador de condomínio esteja muito atento ao perfil do profissional.

As principais características de um porteiro de condomínio são:

  • Atenção ao trabalho
  • Qualificação profissional
  • Discrição
  • Boa comunicação
  • Autocontrole

Nós aprofundamos o assunto em outro texto do nosso blog, é só clicar aqui para acessar.

Existem outros detalhes importantes na hora de contratar um porteiro de condomínio. Por exemplo, é preciso alinhar as atribuições ideais desse profissional com uma boa verificação curricular.

Ou seja, toda a parte mais próxima ao RH que o síndico ou administrador deve ter para contratar um funcionário.

Como evitar a alta rotatividade na função do porteiro

É importante estudar bem o assunto para fazer as escolhas certas dos profissionais. Afinal, a função de porteiro possui alta rotatividade no mercado.

Entender o que faz esse profissional trocar de condomínio, as coisas que afetam sua rotina e como melhorá-las é imprescindível para evitar a mudança constante.

No geral, os problemas mais comuns são a falta de respeito, a baixa remuneração e pouca perspectiva de crescimento. Nós também abordamos como manter um porteiro de condomínio por mais tempo nesse post.

Como treinar um profissional para a função do porteiro?

Então você encontrou o perfil ideal para a portaria de seu condomínio. Mas como treinar essa pessoa para garantir que a segurança e rotina estejam sempre em seu máximo?

Como fazer para treiná-lo para a realidade específica de seu condomínio? O que priorizar?

O primeiro passo é garantir que ele entende todas as funções perfeitamente e o que não deve fazer.

Explicar casos especiais e peculiaridades de seu condomínio também é essencial. Ou seja, isso inclui normas e estatuto do condomínio e relacionamento com todos os moradores.

E na Portaria Remota, existe porteiro?

Cada vez mais popular, a Portaria Remota ainda levanta muitas dúvidas sobre seu funcionamento e até comercialização.

Muitas pessoas acreditam que não é possível um condomínio funcionar sem porteiros. Mas é importante não cair no senso comum.

Neste texto, nós falamos sobre a segurança na Portaria Remota. De forma resumida, um prédio sem porteiro tem foco na eficiência e praticidade, mas sem abrir mão da segurança.

Ela funciona por meio de uma central de portaria remota, que além de garantir o máximo de segurança, ainda ajuda a reduzir custos.

Por isso, não tenha medo de investir em portaria remota.

Meio termo da portaria remota – conheça a portaria híbrida

Mas se você ainda não quer fazer a troca total, saiba que pode investir em portaria híbrida.

Ela é o meio termo entre a portaria totalmente remota e a portaria convencional, e pode ajudar seu condomínio a organizar-se melhor financeiramente antes da troca completa.

Por isso, é interessante considerar essa opção também. Assim, o condomínio vai se adaptando aos poucos, tanto na rotina dos moradores como na operação e administração.

Como falamos, a principal função do porteiro é controlar a entrada e saída de pessoas no condomínio. Esperamos que, com essas dicas, seu condomínio possa ter uma rotina cada vez melhor, mais segura e tranquila. Se você quiser saber mais sobre controle de acesso, nós temos um material gratuito com mais dicas de como realizar essa tarefa. É só clicar aqui para fazer o download!

Sobre Flávio Fratucci

Avatar

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *